Segurança Inteligente

Assalto a papelaria na Tijuca deixa uma cliente morta e um funcionário baleado no tórax

Posted by on 20 20UTC Abr 20UTC 2018 in notícias de crimes | 0 comments

Assalto a papelaria na Tijuca deixa uma cliente morta e um funcionário baleado no tórax

Segundo testemunhas, criminoso vestia uniformes da Comlurb no momento do assalto desta quinta. Na tentativa de assalto da tarde de quarta, uma mulher morreu após ser baleada. /wp-content/uploads/2018/04/assalto-kalunga.mp4 Um dia depois do assalto que deixou uma mulher morta e um homem ferido em uma loja da Kalunga, na Rua Conde de Bonfim, uma unidade das Lojas Americanas na mesma rua foi assaltada na manhã desta quinta (19). Os dois estabelecimentos ficam a cerca de 1,5 km de distância uma da outra. Segundo informações do 6ºBPM (Tijuca), o batalhão foi acionado para a ocorrência, e ao chegar no local foi informada que houve um roubo, e que os assaltantes fugiram levando aparelhos eletrônicos. Segundo testemunhas, o criminoso estava vestido com uniforme da Comlurb quando assaltou a loja. Um outro homem dava cobertura na entrada. A PM diz que agentes realizaram buscas na região, mas até o momento não houve prisões. A 18ª DP (Tijuca) investiga o caso. Tentativa de assalto na quarta Nesta quarta (18), uma mulher morreu baleada, e um funcionário foi ferido a tiros em uma tentativa de assalto também na Rua Conde de Bonfim, na Tijuca. Valdisa Mota Souza, de 60 anos, morreu no local. fonte:...

Leia Mais

Assalto a loja leva a tiroteio no Leblon

Posted by on 2 02UTC Abr 02UTC 2018 in notícias de crimes | 0 comments

Assalto a loja leva a tiroteio no Leblon

Um policial militar foi baleado durante uma troca de tiros que começou após uma tentativa de assalto a uma loja nas imediações da Praça Antero de Quental, no Leblon, na Zona Sul do Rio. Os bandidos fugiram do local, mas dois suspeitos foram presos dentro do Túnel Zuzu Angel, no sentido São Conrado. O agente baleado foi levado para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. Depois de receber os primeiros atendimentos, ele foi transferido para o Hospital Central da Polícia Militar, no Estácio. Não há informações sobre seu estado de saúde. De acordo com a Polícia Militar, criminosos que tentaram roubar uma loja na Rua General Urquiza foram surpreendidos por agentes do 23º BPM (Leblon) que patrulhavam o local. Durante o confronto, um PM foi atingido. Os criminosos fugiram, então, em um veículo de cor branca. Em seguida, equipes do 23º BPM e do 2º BPM (Botafogo) começaram uma busca pelos criminosos, inclusive com bloqueios em vias próximas. Uma blitz foi montada na entrada do Túnel Rebouças, no sentido Zona Norte, para impedir uma eventual fuga por ali. Mas os suspeitos foram encontrados no Zuzu Angel, que liga os bairros do Leblon e de São Conrado. Segundo uma pessoa que passava pelo Zuzu Angel por volta das 10h30, PMs pararam o trânsito nos dois sentidos. — Os policiais interceptaram carros, uns 10 segurando fuzil e correndo pelo túnel procurando alguém. Eles chegaram até um carro branco e tiraram uma pessoa de dentro do porta-malas. O túnel ficou uns 10 minutos parado, teve carro que tentou avançar o bloqueio, e outros voltaram de ré. Depois, a CET-Rio liberou o trânsito — contou. Segundo o gerente de um estabelecimento comercial na área onde ocorreu o assalto, cerca de quatro bandidos saíram de uma filial das Lojas Americanas atirando contra policiais e fugiram em um carro. — Estava dentro da minha loja trabalhando. Acho que vi uns quatro homens, todos armados. Deram tiros nos policiais, entraram num carro e desceram a Rua General Urquiza correndo, com a polícia atrás — contou o gerente, que pediu para não ser identificado. Em nota, as Lojas Americanas informaram que “está contribuindo com as autoridades para elucidação do caso.” Fonte:...

Leia Mais

Botão de Pânico se torna grande aliado contra insegurança no RJ

Posted by on 14 14UTC Nov 14UTC 2017 in Artigos | 0 comments

O botão do pânico começa a se espalhar por casas, condomínios, estabelecimentos comerciais, escolas e creches. Pode ser físico, como o do comerciante Osmar. Ou digital e gratuito, obtido por meio de aplicativos de celulares, como o Linha Direta PM, idealizado por um morador da Barra, e o Emergência RJ, da Secretaria de Segurança.   Além do controle de bolso, Osmar conta com dois outros botões do pânico: um debaixo de sua mesa de trabalho; o outro, num painel. Com uma chave inteligente, ele arma um sistema de alarme, para evitar arrombamentos à noite. Sensores instalados em pontos estratégicos mandam fotos para a central de monitoramento sempre que o botão de pânico ou o alarme disparam. São muitos dispositivos, que podem ser acionados inclusive pelo celular, por meio de um aplicativo. Contudo, o comerciante quer mais proteção: – O que acontece na loja são furtos. Por isso, instalei 16 câmeras, que acompanho do meu escritório. Os vidros da sala são espelhados. Ninguém me vê, mas eu vejo quem circula. Se observo alguém tentando furtar algo, ligo a sirene que mandei colocar. O barulho é tão alto que a pessoa se assusta. Já a advogada X, vítima de um assalto na madrugada do dia 8 do mês passado, tomou a decisão de instalar um kit com botões SOS em seu apartamento, em Botafogo. Como o bandido entrou pela sala, após escalar o muro de um edifício vizinho e passar pelo playground de seu prédio, X. colocou inclusive sensores magnéticos nas janelas. A iniciativa de instalar o kit foi copiada pelo seu condomínio, que achou por bem ampliar a segurança, até então limitada a câmeras. – As câmeras ajudaram a identificar o bandido, que ficou oito minutos dentro do meu apartamento, enquanto dormíamos. Só ficamos sabendo do que ocorreu quando encontraram minha bolsa no play. Esse assaltante foi preso dias depois em flagrante, ao invadir outra casa. O que me deixa indignada é que ele foi solto no mesmo dia – lamenta a advogada. Nas últimas duas semanas, três condomínios vizinhos, em Botafogo, instalaram kits com botões SOS. Todos os porteiros foram treinados para utilizar os equipamentos. – Não ocorreu nada no meu prédio. Mas na rua, vi um assalto. Como o painel central do equipamento tem uma tecla que permite ligar para o 190, fiz isso – diz o zelador de um dos condomínios. O valor de um kit básico com botão do pânico Alamaster custa R$79,90/mês. Saiba...

Leia Mais

Bandidos fazem arrastão em prédio de Copacabana, Zona Sul do Rio

Posted by on 3 03UTC Set 03UTC 2017 in notícias de crimes | 0 comments

Bandidos fazem arrastão em prédio de Copacabana, Zona Sul do Rio

Assaltantes fizeram um arrastão em um prédio localizado na Rua Figueiredo Magalhães, em Copacabana, no início da manhã de ontem. Pelo menos seis apartamentos foram invadidos pelos criminosos. Sete homens renderam o porteiro da madrugada no momento em que ele deixava o prédio, às 6h. Já dentro do edifício, se posicionaram na portaria e renderam todos os moradores que desciam de seus apartamentos. Os criminosos amarraram as vítimas na garagem e aterrorizaram algumas delas. Durante três horas, os bandidos reviraram apartamentos e recolheram joias, eletrônicos e celulares. Uma das vítimas relatou prejuízo de R$ 60 mil. A Civil informou que equipes da 12ª DP (Copacabana) iniciou as investigações sobre o crime. Fonte:...

Leia Mais

Mulher é flagrada ao furtar TV de loja e esconder em saia na Bahia; assista ao vídeo

Posted by on 8 08UTC Ago 08UTC 2017 in notícias de crimes | 0 comments

Mulher é flagrada ao furtar TV de loja e esconder em saia na Bahia; assista ao vídeo

Outra mulher também é procurada por participar da ação; dupla fugiu.   /wp-content/uploads/2017/08/furto.mp4 Uma mulher furtou uma televisão de 24 polegadas de uma loja escondendo o aparelho debaixo da saia que vestia. Segundo a Polícia Civil, o caso ocorreu na sexta-feira (4) na cidade de Presidente Tancredo Neves, no baixo sul da Bahia, e as câmeras de segurança do estabelecimento flagraram a ação (veja no vídeo acima). Outra mulher, que entrou junto com ela na loja, também é procurada pela polícia. Ela distraiu o vendedor enquanto ocorria o furto. As duas fugiram após o crime. O dono da loja, que preferiu não se identificar, disse ao G1 nesta segunda (7) que as mulheres aparentavam ter cerca de 40 e 60 anos. Elas entraram juntas na loja. A que aparentava ser mais velha conversou com um vendedor e pediu informações sobre um ventilador. Enquanto isso, a mulher que parecia mais nova pegou a TV, que estava em uma prateleira, e colocou debaixo da saia. Depois, ela saiu andando normalmente. As duas foram embora em um carro. O sumiço do aparelho só foi percebido pelo dono da loja depois que elas saíram do estabelecimento. As imagens das câmeras de segurança serão encaminhadas para a perícia, a fim de identificar as suspeitas. De acordo com a polícia, a mulher pode ter usado uma espécie de “saiote duplo” como compartimento para levar a TV furtada. Até a manhã desta segunda-feira, as mulheres não haviam sido presas. Fonte:...

Leia Mais
Orçamento Rápido